Silicone

Silicone

Silicone: 10 Dúvidas mais frequentes sobre cirurgia nos seios

Mesmo sendo a cirurgia plástica mais popular e mais realizada no Brasil, muitas pacientes ainda têm dúvidas sobre o método. Pensando em ajudar a responder algumas dessas perguntas, preparamos este post com as 10 dúvidas mais frequentes sobre a cirurgia nos seios.

1 – Qual o tamanho ideal da prótese?

Não existe um tamanho padrão, isso varia de acordo com a paciente. Além da conversa entre médico e paciente para definir expectativas e resultados esperados, também são considerados fatores como espessura da pele, diâmetro do tórax, distensão dos tecidos e tamanho do músculo peitoral. Após todas as constatações, o tamanho das próteses é decidido.

2 – Qual o tamanho da cicatriz após a cirurgia?

O tamanho da cicatriz varia de acordo com o método escolhido para a colocação do implante. As incisões podem ser feitas na aréola, próximo da axila ou na parte inferior dos seios (inframamária) que é a mais comum e a cicatriz fica mais disfarçada pelo formato do seio.

3 – Perderei a sensibilidade da mama e do mamilo após a cirurgia?

Não. Nos primeiros dias de pós-operatório, é normal que o seio e o mamilo fiquem dormente, mas com o passar dos dias a sensibilidade volta ao normal. É comum que a sensibilidade aumente ou diminua nos primeiros dias, voltando ao normal aos poucos.

4 – A prótese atrapalha na realização de exames, como a mamografia?

Não, a presença das próteses não interfere na realização de exames preventivos. Mamografias, raio-x, ressonância, todos os exames podem ser realizados normalmente.

5 – Meu corpo pode rejeitar o silicone?

Sim. A contratura capsular está muito relacionada a formação de biofilme no momento de introdução da prótese no corpo e do tamanho exagerado de silicone nas mamas. Para evitar a rejeição seguimos os 14 pontos desenvolvidos para uma cirurgia segura.

6 – Poderei amamentar quando tiver filhos?

Sim. Não há alterações nas glândulas mamárias durante a cirurgia de aumento de mama. Portanto, a produção de leite durante o período da gravidez e lactação continua normal, principalmente quando a prótese é colocada pro trás do músculo e sem incisão na aréola.

7 – Quem tem silicone tem maior risco de desenvolver câncer de mama?

Não. Não existe relação comprovada entre as próteses de silicone e o desenvolvimento do câncer de mama. Muito pelo contrário, alguns estudos apontam que, mulheres com implantes de silicone têm menos incidência no desenvolvimento do câncer de mama. Isso se comparado às mulheres sem silicone.

8 – As próteses de silicone tem prazo de validade?

Não existe nada que comprove a duração dos implantes de silicone, por isso, não existe recomendação específica de tempo para troca. A troca das próteses é indicada em casos de alterações, rupturas ou algo mais específico.

9 – Existe idade ideal para colocar silicone?

O ideal é colocar os implantes quando o corpo já desenvolveu totalmente o tamanho da mama, isso ocorre por volta dos 16 anos. Após este período, não existe idade máxima ou mínima para a realização da cirurgia, o que interfere são fatores de saúde.

10 – Como é a recuperação?

Nos métodos mais populares, a recuperação após a cirurgia de aumento dos seios pode ser longa e dolorosa. Entretanto, com o método de prótese de mama com recuperação em 24 horas as coisas são diferentes.

Isso porque a paciente pode voltar para casa logo após acordar da anestesia. Além disso, ao despertar a paciente é estimulada a realizar movimentos de elevação dos braços, alongando os músculos fazendo uma drenagem linfática espontânea. Posterior a alta hospitalar, é indicado que a paciente retome atividades cotidianas leves.

No dia seguinte, já é indicado a retomada do trabalho, dirigir carros automáticos, pegar até 15 kg de peso e uma vida normal dentro das recomendações médicas.

Para saber mais sobre o método de recuperação em 24 horas agende uma consulta ou ligue para o WhatsApp: 51 99354-9880.

× Como posso te ajudar?